quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Francisco de Brito Gondim

Francisco de Brito Gondin é o nome do meu Sétimo-Avô e do filho dele, meu Sexto-Avô. Este pai de Joaquina Calmon de Brito Gondim, casada com Manuel Xavier de Carvalho Cotrim, e mãe de Leolino Xavier Cotrim, por sua vez pai de Diolinda Cotrim, esta mãe de Arlinda Spinola e Castro, minha bisavó.

Apesar dos Franciscos de Brito Gondim serem figuras importantes na fundação de algumas cidades do Sertão Baiano, como Caetité e Igaporã. Não existem pistas entre os historiadores da região sobre os ancestrais deles. O que sabemos é que Francisco (o pai) nasceu em Rio Pardo de Minas (hoje em Minas Gerais).

No início do século XVIII ele transferiu-se para a região da nascente do Rio São João, sendo o proprietário da fazenda Alegre, que depois daria origem à cidade de Caetité. A instituição da Vila data de 1754.

Foi casado com Custódia Maria do Sacramento e tiveram 5 filhos: Francisco de Brito Gondim, Antonio de Brito Gondim, Alferes José de Brito Gondim, Manuel de Brito Gondim e Maria de Brito Gondim.

Ele morreu em Caetité, em 1773.

No seu espólio, a fazenda Alegre é descrita assim:  “casa coberta de telhas, roda de ralar mandioca, prensas e senzalas, também cobertas de telhas, por 113 mil réis; dois cavalos, 24 mil réis; 32 éguas e poldras, 156 mil réis; 70 rezes, 182 mil réis.”

O solar da Fazenda Alegre, onde morou Francisco de Brito Gondim, ainda existe em Caetité, na Praça Rodrigues Lima.

Seu filho, o também Francisco de Brito Gondim foi um dos Juízes Ordinários que participou da criação da vila de Caetité, em 1810 e proprietário da Fazenda Umbuzeiro, citada na Planta Corográfica da estrada de Monte Alto ao Porto de Cachoeira. A Fazenda Umbuzeiro (ou uma parte dela) é descrita assim no espólio de uma das filhas dele: “uma casa de adobes, e telhas, móveis e utensílios, por um conto 850 mil réis.”

Ele foi casado com Ana Angélica de Jesus (filha de José Carneiro Leão e Feliciana Gonçalves da Rocha), com quem teve 15 filhos.


Não descobri a ascendência deles mas sobre o nome Gondim, sei que tem origem na Freguesia de Gondim no conselho de Maia em Portugal.

Solar da Fazenda Alegre, hoje na Praça Rodrigues Lima em Caetité

8 comentários:

  1. sou pernambucano, nasci na cidade de Salgueiro, sertao de Pernambuco no ano de 1954. a minha falecida mae se chamava Maria Alves Gondim.ela sempre comentava que a minha avo sempre falava pra ela que os nossos antepassados chegaram de Portugal no inicio de 1700.

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Viajei com as suas historias, minha família e de caetite- Bahia e temos como sobrenome Brito Gondim. Conhecendo um pouco da minha historia. Parabéns pelo belíssimo trabalho!

    ResponderExcluir
  3. Meu pai é da cidade de Salgueiro Pernambuco e sempre fui curiosa pra saber sobre a origem do sobrenome,o meu porém foi escrito acredito que errado pois acabou sendo registrado como "Gundim",mas gostei de saber um pouco sobre a história...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mayne, meu sobrenome também é Gundim e meus descendentes são de Serrita-PE.
      Sou filho de Francisco Alves Gundim Filho e meu tataravô se chamava Sabino Alves Gundim ele era dos anos 1.800 e Tarará.
      Será que no cartório de Salgueiro vc não encontra alguma coisa de meu tataravô, pois na época Serrita pertencia a Salgueiro-PE.


      Excluir
  4. Sou Elisangela Teixeira Gondim, neta de Luís da Costa Gondim que nasceu nas redondezas de Uberlândia MG

    ResponderExcluir
  5. Eu só Andréa Paula MELO Gondim filha de anfilofio de Paula Gondim que ele era filho udorico Carvalho Gondim que foi para região de Caetité

    ResponderExcluir
  6. Boa Noite!
    Acho que me encontrei por aqui. Meu nome é Irami Gondim Alves. Sou de São Paulo. Minha mãe se chama Terezinha Gondim Alves que nasceu em Brejo santo no Ceará. O pai da minha mãe, já falecido, era Jose Francisco Gondim, conhecido como José Sabino, natural de pitombeiras em Pernambuco. Segundo minha mãe. a família do pai dela é da região de pitombeiras e Salgueiro em Pernambuco.

    ResponderExcluir
  7. eu sou Maria Amélia Gondim Felizzola,sou de Guarabira sertão da Paraíba e gostei muito de saber um pouco mais sobre o passado que trago em meu sobrenome.

    ResponderExcluir